aerOPOrto


easyJet entra na rota Porto-Funchal e anuncia 3º avião para S16
3 Novembro 2015, 18:35
Filed under: Aumento de frequencias, EasyJet, FNC, Funchal, OPO, Porto, Verão IATA S16

bar_U2

A easyJet anunciou hoje novos investimentos na sua operação em Portugal para 2016, nomeadamente com a colocação de um 3º avião no aeroporto Francisco Sá Carneiro e com a entrada da transportadora na rota Porto-Funchal. Estes reforços somam-se aos já anunciados para as rotas de Basileia, Genebra, Lyon e Estugarda para o Verão de 2016 (S16).

O 3º avião chega em Março do próximo ano, coincidindo com o 1º aniversário da base easyJet no AFSC. Trata-se de mais um Airbus 320, num investimento de 75 milhões de euros que resultará na criação de 40 novos postos de trabalho. No total a companhia britânica eleva a 120 o número de colaboradores que trabalham directamente na base do Porto.

Relativamente à ligação ao Funchal, terá 4 frequências semanais (3ªf, 5ªf, 6ªf e Dom) e inicio marcado para o próximo dia 20 de Maio. A easyJet será o 3º operador na rota, juntando-se à TAP e à Transavia, com uma programação de 15 e 14 voos semanais respectivamente entre o Norte e a ilha da Madeira para S16. Caso estes dois operadores mantenham a operação inalterada, esta entrada da easyJet resultará num aumento de 12% do nº de lugares em S16 entre o Porto e o Funchal. Actualmente a ligação à capital madeirense é a 9ª maior rota a partir do AFSC, com cerca de 300.000 passageiros anuais.

As previsões de passageiros avançadas para o período compreendido entre 1 de Outubro de 2015 e 30 de Setembro de 2016 (coincidente com o ano fiscal da easyJet) são muito positivas, estando previsto um crescimento de 40% ou 400.000 passageiros transportados relativamente ao período homólogo. A verificar-se, e dependendo do que nos reserve o período entre Outubro e Dezembro 2016, será de esperar que a companhia aérea britânica passe a movimentar anualmente cerca de 1.6 milhões de passageiros de/para o Porto, um valor de tráfego que duplica o existente antes do estabelecimento da base e fica muito perto dos valores que a TAP tem actualmente no Francisco Sá Carneiro.

Foto: ANA Aeroportos

Porto – Funchal (easyJet)
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
20 Mai. 01 Jul. – 2 – 4 5 – – 06:20 08:25 U2 7585 Airbus 320
22 Mai. 26 Jun. – – – – – – 7 06:50 08:55 U2 7585 Airbus 320
03 Jul. – 2 – 4 5 – 7 06:20 08:25 U2 7585 Airbus 320

Funchal – Porto (easyJet)
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
20 Mai. 01 Jul. – 2 – 4 5 – – 09:05 11:05 U2 7586 Airbus 320
22 Mai. 26 Jun. – – – – – – 7 09:30 11:30 U2 7586 Airbus 320
03 Jul. – 2 – 4 5 – 7 09:05 11:05 U2 7586 Airbus 320

_________________________________________________________________

1-Segunda-feira    2-Terça-feira    3-Quarta-feira    4-Quinta-feira    5-Sexta-feira    6-Sábado    7- Domingo

As horas são locais


4 comentários

É muito bom a introdução do terceiro avião no Porto logo um ano depois da abertura da base. Significa que a estratégia está a funcionar e a ser bem conseguida.
De salientar o crescimento de postos de trabalho que tanta falta nos fazem.

Relativamente às rotas é óbvio que com a introdução de um avião se espera sempre algo mais… Apostam num destino que se afigura como mais seguro, sendo que se esperava algo novo, mais arrojado (mais uma vez a jogar pela segurança), mas fico contente por ver certas rotas reforçadas que foram introduzidas à pouco tempo, pois significa que estão com potencial para crescimento.

No geral é muito bom, apesar de querermos sempre mais e mais…

Comentar por CVP

Estão a seguir uma evolução igual à da base de Lisboa, o que era de esperar. Tal como era previsível que no 2º ano o crescimento se fizesse mais por aumento das rotas existentes do que por novas rotas. O modelo de negocio da easyJet é assim, não é como o antigo modelo da Ryanair de meter um avião e abrir mil rotas.

Ainda assim, sem bons resultados não haveria nem 3º avião nem crescimento.

Comentar por Pete351

Funchal… zzzzzzz.

Entretanto nada ainda para o leste, nem pra Cabo Verde.

Comentar por mykka

A easyJet praticamente não existe no Leste, portanto nem vale a pena pensar que vai começar a fazê-lo a partir do Porto.

Cabo Verde é um destino que só faz sentido se tiver as agências de viagens atrás, e mesmo assim, dificilmente os cabo-verdianos lhes atribuiriam os direitos de tráfego.

Comentar por Pete351




Os comentários estão fechados.