aerOPOrto


Marrocos mais perto com regresso da Royal Air Maroc
27 Dezembro 2016, 11:15
Filed under: Casablanca, CMN, Novas rotas, OPO, Porto, Royal Air Maroc, Verão IATA S17
at_b

A Royal Air Maroc é a última companhia a anunciar o regresso ao Porto, concretamente com voos diretos para Casablanca. A operação arranca a 22 de Junho, terá 3 frequências semanais (2ªf, 5ªf e Domingos) programadas com equipamento Boeing 737-800.

A transportadora aérea marroquina teve uma passagem pouco feliz pelo Porto em 2010/2011, num momento turbulento para a empresa e para a aviação em geral. A operação era praticamente idêntica à apresentada agora, sendo a diferença principal o tipo de equipamento. Na altura a RAM trazia aviões ATR 72-600, que tinham cerca de 1/3 do nº de lugares dos Boeing 737-800, demoravam mais 30 minutos a fazer a ligação e não tinham capacidade para transportar carga. A principal falha dessa operação foi, anda assim, a comercialização, que foi incapaz de aproveitar os fluxos de passageiros indiretos existentes e capta-los para os serviços diretos a Casablanca.

Desde a sua última passagem pelo Porto, a Royal Air Maroc passou por uma forte reestruturação que reduziu fortemente os seus custos operacionais, renovou a rede de destinos e viu a companhia regressar aos lucros operacionais. O mercado Porto-Marrocos também está mais maduro e tem volume suficiente para justificar o voo direto, havendo ainda potencial para transportar pessoas além Casablanca. Resta agora esperar que à segunda seja de vez.

at_b738_cn-rnm

Foto tirada por Frank Kuehne

Porto – Casablanca
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
22 Jun. 1 – – 4 – – 7 17:45 19:20 AT 997 Boeing 738
Casablanca – Porto
De A Frequência Partida Chegada Nº voo Equipamento
22 Jun. 1 – – 4 – – 7 15:05 16:45 AT 996 Boeing 738

_________________________________________________________________

1-Segunda-feira    2-Terça-feira    3-Quarta-feira    4-Quinta-feira    5-Sexta-feira    6-Sábado    7- Domingo

As horas são locais



Royal Air Maroc despede-se do Porto
30 Agosto 2011, 12:05
Filed under: OPO, Porto, Programação Inverno IATA 2011/12, Royal Air Maroc

Depois de sucessivos adiamentos de novas frequencias por baixa procura, a Royal Air Maroc decidiu desta vez pelo cancelamento para a temporada de inverno da sua única rota no Porto, Casablanca. Este corte será visível já durante o mês de Setembro, já que foram retirados todos os voos tanto dos sistemas de distribuição, bem como do próprio site da companhia para este periodo (excluindo dia 1).  Durante o mês de Outubro mantém-se ainda 4 frequencias semanais programadas, e que podem ainda ser reservadas, sendo o último voo no dia 27 de Outubro . No entanto, e atendendo ao histórico da companhia, não há garantia de que se realizem todas estas frequencias.

Infelizmente, a rota não começou com o pé direito (viu inclusivamente uma frequência semanal cancelada nas primeiras semanas), e a partir daí nunca mais se levantou, contrariando por completo as expectativas dos responsáveis da RAM, que consideraram que estariam reunidos “todos os ingredientes para que, num ano, esta rota passe a ter um voo diário”.

Tabela relativa às estatísticas da Royal Air Maroc no Porto entre Dezembro de 2010 e Julho 2011

No entanto, fica o sentimento de que poderia ter sido feito muito mais para que a rota fosse bem sucedida. Desde logo, o prometido code-share com a TAP teria permitido, com os actuais horários, ligações com destinos como Lisboa, Barcelona, Madrid, Genebra, mas principalmente Paris. Utilizando um exemplo muito simples, se considerarmos 1 passageiro em ligação entre cada um destes destinos e Casablanca, a ocupação média por voo subiria quase 9%.

O atentado do dia 28 de Abril no coração turístico de Marrakech teve contribuiu também para o insucesso da rota, sentindo o efeito negativo nas viagens para Marrocos tal como outras linhas Europa-Marrocos. Segundo El Filali, agora ex-delegado da RAM para Portugal, “o início das operações da Ryanair entre o Porto e Marraquexe” também teve impacto nos números da rota.

Por fim, o difícil inverno que se avizinha para a aviação comercial leva as companhias a repensar a sua rede por forma a manter rentabilidade, e foi também aqui que a fragilidade da rota se mostrou.

ATR-72 da companhia de bandeira marroquina. Foto tirada por Carlos Seabra



Ainda não foi desta…
28 Junho 2011, 18:04
Filed under: OPO, Porto, Royal Air Maroc

A rota de Casablanca continua a lutar para ganhar o seu lugar ao Sol, mas a tarefa não parece fácil. Contrariando mais uma vez a própria programação, a Royal Air Maroc decidiu adiar mais uma vez o regresso da terceira frequência semanal, desta feita para 30 de Agosto, ainda que mantenha a previsão para a introdução de uma quarta frequência a partir de 17 de Setembro. As conclusões que se podem tirar daqui são, por um lado, que o número de reservas não está alto o suficiente para justificar esse regresso, e por outro que a companhia marroquina continua a acreditar na rota e no seu potencial. Através de uma análise dos números da rota, podemos perceber que apesar de terem crescido desde que se iniciou a rota (à excepção de Maio), um aumento de capacidade parece ainda não se justificar. Será interessante para esta comparação analisar os números desde mês.

Não sendo uma rota que influa muito a nível estatístico, Casablanca é uma rota estratégica, tanto pelo ponto-a-ponto, como pelas excelentes ligações a outras cidades marroquinas e africanas. Juntamente com Marrakesh e Luanda, representa o inicio da aposta do Aeroporto no mercado africano, ainda pouco explorado.

Comentários Desativados em Ainda não foi desta…


Ocupações para a semana 17 a 23 Abril

Numa das melhores semanas do aeroporto, tendo em conta que ainda não estamos na “temporada alta”, apresentam-se os efeitos da presente época para os números do aeroporto e das companhias, com base nas ocupações que tem neste momento asseguradas. Pelo elevado número de frequencias analisadas e pelo tempo que demorou a reunir todos estes números, é possível que alguns estejam já desactualizados devido a procura de última-hora, sendo que o objectivo deste artigo é apenas uma visão geral sobre as principais operações da próxima semana.

A Aigle Azur é uma das companhias com as ocupações mais impressionantes, ainda para mais tendo em conta que opera com aviões A321 com capacidade para 214 passageiros e a forte concorrência que existe em todas as rota de Paris.

Sobre a Air Berlim, que serve em exclusividade a rota Porto-Palma de Maiorca, há a destacar a ocupação de 96% (179 pax.) dia 17 Abril no sentido OPO-PMI. No sentido contrário, os dados são mais interessantes, com 3 frequencias a 100%, nos dias 22, 24 e 25 Abril (174, 174 e 210 pax. respectivamente) e de 96% dia 23 (178 pax.).

O braço regional da Iberia, a Air Nostrum, apresenta ocupações muito boas tanto na primeira frequência diária no sentido OPO-MAD (IB8721), mas principalmente nos voos MAD-OPO, principalmente o segundo da manhã (IB8726). Excluíram-se da tabela os voos IB8727, IB8723 e IB8725 por não apresentarem ocupações consideráveis.

Os principais dados da Brussels Airlines vem nos voos de Bruxelas para o Porto (SN3811), que apresentam sempre ocupações iguais ou superiores a 90%, excluindo dia 20. No sentido OPO-BRU (SN3812), as ocupações vem em linha com o que se passa no resto do ano, tendo sido excluídas da tabela.

Devido ao grande número de frequencias que a EasyJet tem no Porto, algumas ocupações não constam do gráfico por serem inferiores a 80%. Outra alteração em relação às outras tabelas é que devido à imprevisibilidade quanto à aeronave utilizada em algumas rotas (A319 ou A320), substituiu-se o número de lugares ocupados pelo número de lugares disponíveis. Para o calculo das ocupações foi utilizado o A320 para a linha Genebra, sendo o feito com o A319 para todas as outras. Foram retirados da tabela os voos U2 2720 e U2 2722 (OPO-MXP) por não ter ocupações acima dos 80%, excepto o de dia 17 com 84%.

A Lufthansa, apesar da natureza da ligação entre o Porto e Frankfurt, também vai ter 4 frequencias no sentido FRA-OPO bem preenchidas. Dia 19 e 20 os voos com o número LH1178 estão completos a 98% e 96%. Ainda dia 20, outra das 3 frequencias diárias, com o número LH1180, está a 99% de ocupação, e no dia seguinte, a 100%.

A companhia de bandeira do Luxemburgo também se prepara para aproveitar a época com 2 das suas frequencias LUX-OPO com 94% e 100% ocupação. Os voos em causa são os LG3769 de 20 e 21, ambos operados com Boeing B737-700.

Apesar de ter uma presença muito pequena no aeroporto, com apenas 2 frequencias semanais para Casablanca, há a destacar uma ocupação a 100% no voo AT966 (CMN-OPO) de dia 23. Este dado reveste-se de especial importância, tendo em conta os dados pouco favoráveis com que começou a operação em Dezembro do ano passado e que até levaram ao cancelamento quase imediato de uma das frequencias semanais previstas.

Aquela que é nestes momentos a maior companhia no AFSC mostra-se com ocupações excelentes em quase todas as suas rotas. As únicas rotas que não apresentam ocupações acima dos 85% são Carcassone, La Rochelle, Marrakech, Rodez e Tenerife Sul. Algumas rotas não conseguiram ocupações acima dos 85% em apenas um sentido, como é o caso de Bordeus (sentido OPO-BOD), Faro (FAO-OPO), Gran Canária (LPA-OPO), Lille (OPO-LIL), Madrid (OPO-MAD), Memmingen (OPO-FMM), Paris Vatry (OPO-XCR), Pisa (OPO-PSA), St. Etienne (OPO-EBU) e Valência (OPO-VLC).

Como não podia deixar de ser, a SATA também vai ter excelentes ocupações, principalmente na rota de Ponta Delgada, como se pode ver na tabela abaixo.

A TAP não foge à regra e também apresenta excelentes ocupações em muitas frequencias. A destacar a performance das rotas de Paris (Orly), Milão (Malpensa), Roma (Fiumicino), Bruxelas, Luxemburgo e das rotas intercontinentais no sentido Porto. De forma a distinguir os vários aviões, bem como o respectivo número de lugares com que as frequencias vão ser efectuadas, foram utilizadas 6 cores, que podem ser identificadas da seguinte forma:

Foram excluídos da tabela todos os voos com Lisboa, Madrid, Londres (Gatwick) em ambos os sentidos. Também não estão representados alguns voos com partida do Porto para Zurique, Genebra, o TP1583 para o Funchal, e as intercontinentais. Na rota do Funchal, não estão representados os voos com partida do Funchal, havendo apenas 3 frequencias com valores acima dos 80%, como o TP1574 com 92% (122) de ocupação no dia 22, e os TP1580 nos dias 20 e 21 com 92% (122) e 95% (125) respectivamente. No caso de Madrid, no sentido OPO-MAD, apenas a destacar os voos TP702 de dia 18, com 82%, os TP704 de dia 19 e 23 com 82% e 96%, e no sentido MAD-OPO o TP701 de dia 18 com 80%, o TP707 de dia 21 com 91%, e principalmente, o TP703 com 100% de ocupação. Quanto a Londres (Gatwick), apenas a registar o TP334 dia 17 com 89% (117) no sentido OPO-LGW, e os TP337 dia 18 com 89%(117) e TP331 com 92% (121) no sentido inverso. Nos voos à partida do Porto para Zurique e Genebra, bem como nas rotas intercontinentais não foi possível calcular a ocupação.

Na principal rota da Transavia, Paris (Orly), é possível verificar 2 frequencias (TO 3404) a 98%, a 17 (183) e a 20 (182) de Abril, havendo ainda um reforço de uma terceira frequência diária em alguns dias. No domínio domestico, o voo TO 3404 entre o Porto e o Funchal, tem já ocupados 181 lugares, o equivalente a 97% da capacidade .A rota de Nantes, que regressa a 22 Abril, dá um excelente sinal com uma ocupação de 98% (182 pax.) no voo TO 3964.